domingo, 17 de agosto de 2014

Polpetone suculento


Este foi o polpetone mais suculento e saboroso que já comi... Tá certo que o do Jardim de Napoli é maravilhoso, mas este não deixa nada a dever. Temperado na medida certa, mais leve por não ser frito em imersão, servido com molho de tomate e recheado com cream cheese... Só de descrever, já deu vontade de fazer de novo.

Clique aqui para ver a receita original com um vídeo do Claude Troisgros.

Etapa 1 - A Carne

900g de fraldinha (sem muita gordura)
100g de mortadela (opcional)
2 cebolas roxas picadas
1 ovo
50g de parmesão ralado
1 colher (sopa) de mostarda Dijon
2 colheres (sopa) de molho Worcestershire (ou molho inglês)
1 pimenta dedo-de-moça (sem as sementes) picada

5 fatias de pão de forma rasgado e molhado no leite
1 xícara (chá) de leite

Salsa picada (a gosto)
Sal e pimenta (a gosto)

Em uma frigideira, refogar as cebolas picadas em um fio de azeite até que fiquem macias. Reserve.

Em um processador de alimentos, colocar a mostarda, o molho Worcestershire, a pimenta, a salsa, o queijo parmesão, o ovo, a cebola e bata até obter uma pasta homogênea. Em seguida, coloque a mortadela e bata novamente.

Coloque o pão em uma tigela e adicione leite o suficiente para deixar o pão encharcado. Retire o pão apertando com as mãos para retirar o excesso de leite e reserve. Corte a carne em cubos e adicione alguns cubos de carne e alguns pedaços de pão no processador, picando-os com a função pulsar. Repita o processo até acabar o pão e a carne.

Separe pedaços de carne em torno de 150g e jogue o bolo de carne contra a palma da mão algumas vezes. Isto serve para deixar a carne e gordura bem compactadas. Reserve.

Etapa 2 - O recheio

Para o recheio:
2 colheres (sopa) de cream cheese
200g de mussarela ralada

Misture o cream cheese na mussarela até obter um creme. Abra os pedaços de carne em um formato redondo, coloque o recheio no meio e feche como se fosse um disco (formato redondo) ou como se fosse um envelope. O ponto aqui é garantir que esteja bem fechado para que não vaze nada ao fritarmos. Leve a geladeira até a hora de empanar e fritar.

Etapa 3 - Empanar e fritar

100g de farinha de trigo
200g de farinha Panko (provavelmente usaremos menos, então não coloque tudo de uma vez)
3 ovos
sal e pimenta a gosto.

Tempere os polpetones com sal e pimenta, passe na farinha de trigo, no ovo e empane com panko. Em uma frigideira como um pouco de azeite, frite os 2 lados do polpetone tomando o cuidado para não queimar e leve ao forno a 180ºC por 12 a 15 minutos.

Etapa 4 - Servir

Para servir, faça um molho de tomate (clique aqui para ver a receita) e sirva com um fettuccine na manteiga e salvia !


domingo, 25 de maio de 2014

Batata Frita no AirFryer



Batata frita feita na panela Airfryer parece comercial de TV ou demonstração da Polishop. Mas de fato é impressionante como fica igual sem usar óleo. Não dá vontade de fazer de outro jeito.

Ingredientes

300g de batata frita congelada
sal a gosto.

Preparo

Espalhe as batatas ainda congeladas na gaveta da AirFryer e siga as instruções de tempo e temperatura para esta quantidade de batata. Para 300g, 12 minutos a 200ºC/390ºF são suficientes, mas tem que abrir a panela na metade do tempo, dar uma boa sacudida nas batatas e colocar de novo para terminar de cozinhar.

Coloque o sal depois de pronta e sirva com catchup ou maionese. Que tal experimentar fazer a maionese da Lanchonete da Cidade em casa !

DICA:Antes de usar a AirFryer, o ideal é pré-aquecê-la por 5 minutos a 200ºC.


sábado, 15 de março de 2014

Provolone a milanesa na Airfryer


Depois que comprei a Philips Airfryer, passo uma boa parte do tempo pensando o que poderia ser feito nela, a ideia de fritar sem óleo é super legal e o resulta impressiona.

Minha primeira tentativa - batatas de carinha, saiu mais ou menos, pois coloquei o tempo médio de cozimento com a quantidade mínima de peso, erro básico. Passou um pouco e ficaram levemente secas, apesar de crocantes. Mas todo brinquedo novo é assim, demora um pouco para você pegar a manhã e se aventurar mais.

Provolone a milanesa é um dos meus TOP 3 petiscos de boteco, só que as vezes eles vem encharcados de óleo e acabam ficando enjoativos e nada saudáveis. Logo pensei, como seria na Airfryer ? Posso dizer que ficaram show ! Super sabor de provolone, com casquinha crocante e nada enjoativos. O duro é conseguir comer só alguns !


Ingredientes

400g de provolone sem casca e cortados em cubos
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
2 ovos batidos com um pouco de sal
1 xícara (chá) de farinha de rosca (no caso, usei Panko)

Preparo

Se a farinha de rosca estiver muito clara, leve uma frigideira ao fogo e coloque a farinha para dourar um pouco.

Coloque a farinha de trigo, os ovos e a farinha de rosca em três travessas separadas; passe os cubos de queijo pela seguinte sequência: ovo, farinha de trigo, ovo e farinha de rosca para empaná-los. O legal é não deixar nenhum pedaço descoberto.

DICA:Antes de usar a AirFryer, o ideal é pré-aquecê-la por 5 minutos a 200ºC.

Leve os cubos empanados ao congelador por 1 hora. Quando estiver perto de servir, retire do congelador, coloque metade no compartimento da Airfryer e coloque para assar por 5 minutos a 200ºC/390F. Assim que os 5 minutos acabarem, coloque a segunda metade pelo menos tempo e temperatura.

Sirva assim que ficar pronto e corra para garantir o seu, pois irá acabar rápido !


quarta-feira, 5 de março de 2014

Hamburguer de linguiça com vinagrete e maionese de gengibre e blue cheese


Sabe quando você vê a foto de um prato ou mesmo lê a receita e fica com água na boca... Foi assim que fiquei quando vi este hambúrguer na internet. Achei a combinação de sabores um tanto exótica e não via a hora de experimentar.

Hambúrguer de linguiça, depois do de picanha é o meu preferido, vinagrete com limão siciliano e hortelã é espetacular e passa uma ideia de refrescância. Sempre li que gengibre e blue cheese combinam bem, mas achei a idéia de levar esta dupla para a maionese super criativo.

Em fim, uma verdade homenagem a combinação de sabores !

Etapa 1 - A Carne

900g de linguiça (usei linguiça de picanha para experimentar e um pouco de calabresa)
1 cebola picada
2 colheres (sopa) de molho Worcestershire (ou inglês)
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 pimenta dedo-de-moça (opcional, sem semente se a linguiça já não for apimentada)

Em uma frigideira, refogue a cebola do azeite no fogo baixo até que fique dourada. Bata no processador de alimentos, a cebola com a pimenta e o molho, em seguida coloque as poucos os pedaços de linguíça sem a pele.

Separe a carne em porções de 150g e vamos batê-la, arremessando algumas vezes o bolo de carne contra a sua mão. Isto pode parecer estranho mas é para que a carne e gordura fiquem mais juntas, compactas. Molde os discos de carne com as mãos, em tamanho igual ou pouco maior que o pão e reserve na geladeira até a hora de grelhar.

Etapa 2 - O Vinagrete ou "Limongrete"

1 cebola roxa picada
1 tomate sem sementes picado
2 colheres (sopa) de salsinha e cebolinha picadas
2 colheres (sopa) de hortelã picadas
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
suco de 1 limão siciliano

Misture tudo e reserve.


Etapa 3 - A Maionese

1 xícara (chá) de maionese pronta
1 colher (sopa) de gengibre ralado
100g de blue cheese (pode ser gorgonzola)

Misture tudo até ficar incorporado e reserve.

Etapa 4 - O Pão

6 pães de hambúrguer com ou sem gergelim, vai da preferência de cada um e disponibilidade na hora da compra :-)

Cortar os pães no meio, passar manteiga ou margarina na parte de dentro e tostar levemente na frigideira. Reservar.

Etapa 5 - Grelhar os hambúrgueres

Leve uma frigideira ao fogo e quando estiver bem quente, coloque os hambúrgueres para grelhar, de 4 a  5 minutos de cada lado para que fiquem ao ponto, quando faço de linguiça gosto de deixa cozinhar um pouco mais. Quando faltar 1 a 2 minutos para completar o segundo lado, coloque o queijo por cima. Neste momento, você pode jogar um pouco de água na frigideira e tampar para que o vapor derreta o queijo.


Etapa 6 - Montagem

2 a 4 fatias de mussarela por hambúrguer

Passe a maionese na parte de dentro dos pães, coloque o disco de carne com queijo e o vinagrete por cima.


Você pode servir também com salada se preferir cortar o pão da dieta !




sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Creme Brulée de capim santo e gengibre


Que tal um creme brulée com sabor oriental, combinando gengibre e capim santo ! Simplesmente demais !

Ingredientes (4 a 6 ramequins)
2 xícaras (chá) de creme de leite fresco
1/3 xícara (chá) de açúcar
4 gemas
20g de folhas de capim santo (peguei uma destas bandejas que vendem no Pão de Açúcar e Santa Luzia)
1 pedaço de gengibre descascado de mais ou menos 2 cm de comprimento
quanto baste de açúcar para o brulée

Etapas
Em uma panela, vamos levar ao fogo o creme de leite, com as folhas de capim santo picadas e o gengibre ralado. Assim que começar a ferver, desligue e deixe descansar por 30 minutos. Coe o creme de leite e reserve.

Em um tigela, misture as gemas com o açúcar e então adicione o creme de leite aos poucos, sem mexer muito para não forma bolhas.

Encha os ramequins até quase a borda, tomando o cuidado para não ficar nenhuma bolha. Coloque estes então em uma assadeira funda, com uma toalha de papel no fundo, e preencha de água quente até mais ou menos a metade dos ramequins.

Leve ao forno pré-aquecido a 165ºC por cerca de 30 minutos. Eles estarão prontos quando tiverem a consistência semelhante a gelatina.

Remova os ramequins do forno, deixe esfriar e leve a geladeira por 4 horas. Antes de servir, polvilhe açúcar (branco ou mascavo claro) e queime-o com o maçarico.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Bruschetta de funghi com linguiça calabresa


Para mim esta combinação é uma das mais perfeitas para Bruschetta, tanto que é prato garantido toda vez que vou ao Pasta Gialla, do Sérgio Arno. Geralmente é assim... Aceita Couvert ? Não obrigado, vamos só de Bruschetta !!!

Se quiserem outro tipo de Bruschetta, não tem problema, pedimos duas, pois a de Funghi com Calabresa, não pode faltar, nem que tenha que pedir uma salada depois por tê-la comido sozinha, afinal seria pecado deixar sobrar !

Ingredientes
1 a 2 linguiças calabresas defumadas
100g de funghi seccei
300ml de água
200ml de vinho branco
1 cebola pequena
1 colher (sopa) de manteiga
100ml de creme de leite fresco
azeite de oliva
sal e pimenta do reino a gosto.

fatias de pão italiano
Mussarela em fatias (4 a 6 fatias por bruschetta)
queijo parmesão (opcional)

Preparo
Vamos ferver a água com metade do vinho branco. Assim que ferver, desligue e jogue sobre o funghi dentro de uma tigela para reidratá-los por 30 minutos.

Enquanto esperamos o funghi, pincele azeite sobre as fatias de pão e leve a forno para que fiquem douradas. Reserve.

Retire a pele da linguiça e corte-a em fatias finas. Grelhe as fatias em uma frigideira e reserve.

Retire os funghis da água e guarde a mesma, pois vamos usar depois. Pique a cebola e refogue na manteiga na mesma frigideira da linguiça. Acrescente os funghis e cozinhe-os por alguns minutos.

Acrescente o vinho branco e um pouco da água do funghi a frigideira, deixe reduzir e acrescente o creme de leite. Assim que o molho engrossar, acerte o sal e pimenta, desligue e reserve. O ideal é não deixar o molho muito grosso, pois ele precisar molhar o pão para que fique mais macio, seja o molho estiver muito grosso, coloque um pouco mais da água do funghi.


Monte as bruschettas, colocando sobre o pão o molho de funghi, as fatias de linguiça e cobrindo com as fatias de mussarela. Polvilhe um pouco de queijo parmesão por cima e leve ao forno quente para gratinar. Sirva quente !


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Brownie de chocolate com Baileys


Deliciosa opção de sobremesa, servido sozinho, com calda ou ainda acompanhando uma bela bola de sorvete. Ainda dá para cortar em pedaços bem pequenos para servir como petit fours acompanhando o café. Esta versatilidade do brownie tão tem preço !

Ingredientes
(idéia tirada daqui)

720g de chocolate meio amargo picado
200g de manteiga sem sal
1,5 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de amêndoa triturada (opcional)
4 ovos batidos
1 colher (sopa) de Baileys


Para a cobertura (opcional)
360g de chocolate branco picado
1 xícara (café) de licor Baileys
1 caixinha de creme de leite (200g)

Preparo
Derreta o chocolate no microondas, esquentando de 30 a 60s por vez e misturando bem com uma espátula, tomando sempre o cuidado para não queimar o chocolate. Misture em seguida a manteiga a temperatura ambiente, o açúcar, os ovos, a farinha, a amêndoa e o Baileys, sempre deixando a mistura homogênea antes de acrescentar o próximo ingrediente.

Despeje a massa em uma assadeira forrada com papel manteiga. O ideal é colocar o papel manteiga um pouco maior do que o fundo da assadeira para facilitar a retirada. Asse por 30 minutos em forno pré-aquecido a 180ºC.


Para a calda, derreta o chocolate branco e adicione o creme de leite e o licor Baileys. Incorpore e leve à geladeira para esfriar e engrossar um pouco (podem ver na foto que não o fiz... mas vale aquele famoso ditado, faça o que eu digo e não o que eu faço).

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Molho de tomate


Receita simples de molho para acompanhar uma massa, um grelhado ou até mesmo um bom polpetone !

Ingredientes
(receita adaptada do Claude Troisgros)

2 latas de tomate pelatti
1 cebola roxa pequena picada
2 dentes de alho picados ou espremidos
1 pimenta dedo-de-moça picada, sem sementes
1 colher (sopa) de mel
1 colher (sopa) de aceto balsâmico
1 colher (sopa) de extrato de tomate

1 Bouquet garni - com talos de salsa, alecrim, tomilho e louro - ai vai a gosto, eu por exemplo, costumo colocar 1 folha de louro, vários raminhos de tomilho, os talos de salsa e pouco alecrim.

Preparo

Em uma panela, refogar a cebola, o alho e a pimenta no azeite. Enquanto isto, monte o bouquet garni amarrando tudo com barbante e bata o tomate no liquidificador ou mixer.

Acrescente na panela, o tomate batido, o bouquet garni, o mel, o aceto balsâmico e o extrato de tomate. Deixe cozinhar por cerca de 20 a 30 minutos no fogo baixo. Retire o bouquet e sirva !

Você pode deixar o molho reduzir um pouco se preferí-lo mais grosso, como pode também passá-lo em uma peneira para retirar qualquer pedacinho de cebola e folha do bouquet. Vai da preferência de cada um !

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

DICA: Como experimentar o bolo sem abrí-lo


Sei que esta dica parece estranha, mas quantas vezes me peguei com este dilema... Como saber se o bolo ficou gostoso, sem abri-lo ? Acho que não era o único com esta dúvida existencial...


Nibble pan, custa menos de 20 dólares na Amazon.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Shitake na manteiga


Hoje vamos de Shitake na manteiga, prato simples que você pode usar de entrada, de acompanhamento ou ainda para incrementar o prato principal, por exemplo um risoto ou uma salada, com esta do Pasta Gialla, minha preferida de lá, com folhas, cogumelos e queijo de cabra.


Para quem não conhece este cogumelo, saiba que ele é cultivado no oriente há mais de 800 anos, destacando-se por suas propriedades terapêuticas devido ao seu alto teor em vitaminas e substâncias que fortalecem o sistema imunológico. Sem contar que além de tudo é delicioso !

Ingredientes
400g de cogumelos limpos e fatiados
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de Shoyu
100ml de Saque Mirim (que é um saque licoroso para culinária, se não achar vamos de vinho branco)
cebolinha picada a gosto
1 colher (sopa) de molho de ostra (opcional, mas dá um gosto e brilho inacreditável)
sal a gosto (mas lembre-se que o Shoyu já é bem salgado)


Preparo
Em uma frigideira, derreta a manteiga no fogo médio-alto, e salteie os cogumelos. Assim que estiverem um pouco murchos, coloque o Shoyu e o Saque e deixe reduzir. Quando o caldo estiver mais grosso, coloque o molho de ostra e a cebolinha, deixe incorporar e desligue.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

O melhor molho de calabresa


Sempre acho que um dos pontos fortes das receitas do Jaime Oliver é a praticidade, sem contar a mágica combinação de sabores. Só fã das receitas que usam o processador de alimentos, aliás ele faz você pensar que não precisa de mais nada na cozinha se tiver um processador.

A receita de hoje é um molho de calabresa para massa, super saboroso. Coloquei um pouco de mortadela, pois adoro a combinação de mortadela com linguiça. Parece bobagem, afinal são 2 embutidos, mas para mim faz toda a diferença.

Ingredientes
(receita adaptada do Jaime Oliver - 30 minutos e pronto)

4 cebolinhas verdes
1 cenoura
1 talo de salsão
1 pimenta dedo-de-moça
6 linguiças (400g) sem pele
100g de mortadela (opcional)
1 colher (chá) de semente de erva-doce
1 colher (chá) de orégano seco
4 dentes de alho
4 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
1 lata (400g) de tomate pelati picado
alguns ramos de manjericão fresco para decorar
Parmesão ralado a gosto
Sal e pimenta a gosto

Preparo
Limpe as cebolinhas, a cenoura e o salsão. Pique grosseiramente e vamos ao processador. Bata tudo coma  pimenta (sem as sementes). Acrescente as linguiças desmanchadas sem a pele, a mortadela, a erva-doce,o alho e o orégano. Pulse até obter uma mistura homogênea.

Em uma panela com azeite, despeje a mistura e refogue ate a linguiça cozinhar. Adicione o vinagre e o tomate pelati picado, deixe reduzir. Acerte o sal e os temperos se necessário.

Coloque o macarrão já cozido na panela que o molho possa aderir a ele. Se achar que o molho ficou muito grosso, coloque uma concha da água do cozimento do macarrão.

Não deixe de ler o posting sobre os mitos de como cozinhar macarrão

Coloque a massa em uma travessa, ou direto nos pratos, coloque um pouco de queijo parmesão ralado e decore com os ramos de manjericão.


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

5 de Fevereiro - Comemore o Dia Internacional da Nutella


Não sei ao certo se esta comemoração faz parte de algum calendário oficial, mas com certeza alegra o dia dos fãs de Nutella.

Segundo o blog Word Nutella Day, o Nutella's day foi criado em 2007 quando Sara Rosso, uma blogueira americana vivendo na Itália, percebeu que havia vários dias no ano, mas nenhum dedicado ao idolatrado creme de avelã e perguntou-se, por que não ? Desde então, milhares de fãs ao redor do mundo, celebram o seu amor e devoção a Nutella neste dia !

Historia a parte, se você é fã de Nutella, não pode perde a oportunidade de navegar por centenas de receitas de Nutella neste blog http://www.nutelladay.com/nutella-recipes. Fica até difícil pegar apenas uma para experimentar !

Aqui no Vivendo para Comer, a Nutella está representada pela seguintes receitas:

Bolo mesclado de baunilha e Nutella
Brigadeiro de Nutella

Já se você tem uma receita original de Nutella, participe enviando a sua receita para o blog.





quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Bolo de chocolate com sour cream


Este bolo é delicioso e super macio devido ao sour cream. Vale a pena tentar em casa !

Se não tiver o sour cream (creme azedo) a mão, você pode substituir por iogurte natural ou ainda tentar fazer o sour cream em casa, veja aqui como.

Ingredientes
(receita original, clique aqui)

Para o bolo:
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de bicarbonato de sódio
1/2 colher (chá) de sal
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de açúcar mascavo
3 ovos
1 xícara (chá) de sour cream (creme azedo)
1/2 xícara (chá) de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 xícara (chá) de café forte
120g de chocolate amargo (70% de cacau) derretido

Para a cobertura:
3 xícaras (chá) de açúcar de confeiteiro
1/2 xícara (chá) de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
2/3 xícara (chá) de sour cream
2/3 xícara (chá) de cacau em pó
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 pitada de sal
pistache (ou amendôas) picados e cacau em pó para decorar (opcional)

Preparo

Aqueça o forno a 180ºC e unte a forma com manteiga e farinha.

Em uma tigela, misture a farinha, o bicarbonato e o sal. Na tigela da batedeira, bata a manteiga e os açúcares até obter um creme claro fofo. Adicione então os ovos, um a um, batendo sempre em velocidade baixa. Em seguida, a baunilha e o sour cream.

Em velocidade média, adicione o chocolate e o café. Finalmente, adicione os ingredientes secos a mistura e divida em 2 porções se optar por um bolo em 2 camadas ou coloque direto na assadeira.

Asse cada porção por cerca de 30 minutos ou até conseguir ter uma palito limpo após furar o bolo. Deixe o bolo esfriar e embale-o com um filme até que você esteja pronto para confeitar.

Para fazermos a cobertura, misture na tigela da batedeira, a manteiga com o açúcar até obter um creme claro e fofo. Adicione o sour cream, o cacau em pó, a baunilha e a pitada de sal, misturando na velocidade média até obter um creme homogêneo.

Para montar em uma simples camada, espalhe a cobertura sobre o bolo e polvilhe-o com o cacau em pó e pistache ou amêndoa.

Para 2 camadas, alinhe a camada menor no centro da maior e marque com pedaços de papel manteiga. Espalhe a cobertura entre as 2 camadas e também no exterior. Decore com o cacau em pó e o pistache picado. Sirva imediatamente, pois todos já devem estar com água na boca !



terça-feira, 28 de janeiro de 2014

DICA: Mitos sobre como cozinhar macarrão


Vários são os mitos em torno do tema: como cozinhar o macarrão... Apesar de ser uma tarefa aparentemente simples: ferver a água, colocar a massa e aguardar que cozinhe, há tradições familiares e crenças populares que persistem há anos, não importando se estão baseados em fatos comprovados, em intuição ou simplesmente equivocados.

Colocar óleo na água: Um dos mitos mais comuns é este ! Colocar óleo na água para evitar que o macarrão grude. Na verdade, o óleo somente evita que se forme espuma durante a fervura e dificulta a aderência do molho a massa. O ideal é mexer de vez de quando para separar evitando que grudem.

Colocar o sal na água: Como o sal aumenta o ponto de ebulição, teoricamente deveríamos colocá-lo somente quando a água já estiver fervendo. Embora isto faça sentido, para conseguirmos aumentar o ponto de ebulição de um 1 litro de água em 1ºC, iríamos precisar de 58g de sal, ou seja, mais de 4 colheres de sopa de sal... acho que ninguém cozinha macarrão com tanto sal... portanto, não faz muita diferença colocar antes ou depois.

Lavar depois de cozido: lavar o macarrão em água fria para não grudar é errado, pois irá remover o amido que ajuda o molho a aderir a massa. Se quiser evitar que grude ao esfriar, escorra a massa e passe um pouco de azeite deixando-o esfriar naturalmente para que fique soltinho.

Escorrer bem: Não há necessidade de deixar escorrer até a última gota de água. Um pouco da água do cozimento é sempre bom para o molho, ajudando na aderência a massa. Além disto, salvar uma concha da água do cozimento antes de escorrer é uma dica comum em várias receitas de molho para dar caldo.

Se grudar na parede, está pronto: Este era o meu preferido quando comecei a cozinhar. Lembro da minha vó arremessando o espaguete contra parede e era super divertido ! Só não sei dizer se era por crença ou somente para nos fazer rir. Mas não jogue seu espaguete contra a parde para ver se está no ponto. Definitivamente isto não é um bom indicador e você terá que limpar a parede depois.

Cozinhar em água abundante. Sempre que lia isto pensava, quanto de água seria abundante afinal, por definição, abundante é algo em quantidade maior do que a suficiente. Por que não cozinhar em água suficiente, mas ficaria na mesma... quanto de água ? A referência que encontrei seria 1 liltro de água para cada 100g de massa.

A água deve sempre estar fervendo: Não se preocupe se a água não estiver borbulhando o tempo todo. É possível cozinhar a massa no mesmo tempo recomendado pelo fabricante fazendo o seguinte: deixe a água ferver, coloque a massa, deixe ferver de novo, desligue o fogo e tampe a panela ! Acredite, funciona ! Eu mesmo só faço desta forma agora, gasta menos gás !

Todas as massas podem ser usadas com todos os molhos: É certo que há uma infinidade de possíveis combinações, mas há massas que combinam melhor com certos tipos de molhos, devido a sua textura, tamanha e peso. Neste link, há uma guia interessante que pode ajudar a melhor selecionar um molho para o tipo de massa que você está querendo.

Quanto de macarrão devemos fazer por pessoa: Claro que alguns vão dizer, depende de seus convidados ou do tamanho de sua fome, mas em geral podemos fazer de 80 a 100g por pessoa, sem correr o risco de faltar para um bis.

Se o espaguete não cabe na panela é melhor quebrá-lo: De jeito algum.... Não há necessidade alguma, deixe metade para fora e, assim que a parte imersa na água amolecer com o calor, ele irá escorregar e pronto. Mexer com um garfo ajuda !

Quais são os seus mitos ?

Texto adaptado do blog TheKitchn.com.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Risoto de erva doce e limão siciliano


Mais um criativo e saboroso risoto para quando você tiver erva-doce em casa !

Ingredientes (4 a 6 pessoas)

2 talos grandes de erva-doce
1 cebola grande
Casca de 1 limão siciliano ralada
2 xícaras (chá) de arroz arbóreo
1 xícara (chá) de vinho branco seco
2l de caldo de legumes
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
sal e pimenta do reino a gosto.

Preparo
Pique a cebola em cubos pequenos e a erva-doce em fatias pequenas (somente a parte branca).

Em uma panela, derreta 1 colher de sopa de manteiga e refogue a cebola e a erva-doce até que fiquem macias. Junte o arroz e refogue por 2 minutos. Acrescente o vinho branco e deixe evaporar.

A partir de agora, acrescente o caldo de legumes, uma concha por vez, mexendo sempre e esperando o arroz secar para acrescentar a próxima.

Quando o arroz estiver crescido e ao dente, desligue o fogo, acrescente a outra colher de manteiga, o queijo parmesão e a casca de limão siciliano ralado, e mexa até incorporar tudo. Sirva quente !


terça-feira, 21 de janeiro de 2014

DICA: Como saber se o seu fermento em pó ainda funciona ?

Coloque 1/2 xícara de chá de água para esquentar bastante no microondas e adicione então 1/4 de colher de chá de fermento em pó químico. Se ele ainda estiver bom, você deve ver várias bolhas efervescentes. Caso contrário, use para qualquer outra coisa, menos para fazer bolos !


sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Camarão com capim santo e coentro


Camarão com capim santo e coentro é um prato rápido e de baixa caloria que pode ser servidor como uma entrada ou como um acompanhamento para uma refeição.

Ingredientes (4 pessoas)

500g de camarão rosa limpo
1 colher (sopa) de azeite de oliva
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de gengibre ralado
1 talo de capim santo (parte branco) picado
6 cebolinhas picadas
2 colheres (sopa) de coentro picado
casca e suco de 1 limão siciliano
molho de peixe (fish sauce) e açúcar mascavo a gosto.
sal a gosto.

Preparo

Vamos montar uma marinada com o suco do limão siciliano, o alho, o gengibre e uma pitada de sal, deixando o camarão nela por no mínimo 30 minutos na geladeira.

Em uma frigideira ou wok em fogo alto, vamos esquentar o azeite e refogar o capim santo rapidamente. Em seguida coloque o camarão e a cebolinha picada e deixe-os cozinhar por cerca de 3 a 4 minutos, virando na metade do tempo. Adicione a marinada, o molho de peixe e o açúcar mascavo, misture todo e cozinhe rapidamente, menos de 1 minuto. Desligue e espalhe o coentro picado e casca do limão siciliano por cima. Sirva quente !

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Bolo de Chocolate e Guiness


Esta receita é somente para maiores de 18 anos ! Brincadeira, cerveja Guiness com chocolate é tudo de bom ! Aproveite para servir de sobremesa depois do Pub's Burguer com uma bela bola de sorvete.

Ingredientes
(receita do Jaime Oliver)

110g de manteiga sem sal a temperatura ambiente
75g chocolate amargo, picado
200ml de cerveja escura, Guiness
200g de farinha de trigo
200g de açúcar
20g de cacau em pó
1 colher (chá) de fermento químico
3 ovos

Cobertura (opcional)
3 colheres (sopa) de sour cream
200g de açúcar de confeiteiro
2 colheres (sopa) de cerveja Guiness

Preparo
Unte uma forma redonda de 23cm com manteiga e cacau em pó e pré-aqueça o forno a 180ºC.

Derreta o chocolate no microondas, colocando em potência média e mexendo a cada 30 a 60 segundos, para evitar que queime. Assim que estiver derretido, coloque a manteiga na mesma tigela e mexa até que fique incorporado.

Adicione então a cerveja ao chocolate e mexa para incorporar. Não se preocupe se não conseguir, pois irá incorporar mais tarde com os demais ingredientes.

Em uma tigela, peneire a farinha com o cacau e o fermento, reserve.

Em outra tigela, bata os ovos com açúcar até obter um creme claro e fofo, cerca de 3 minutos. Bata metade do creme de chocolate com os ovos até incorporar e adicione metade da farinha. Repita o processo novamente com as outras metades.

Coloque a mistura na forma e asse por 40 minutos, ou até conseguir tirar um palito de dente seco de dentro do bolo ao furá-lo. Se o topo começar a queimar depois de 30 minutos, cubra com papel alumínio e termine de assar.

Retire o bolo do forno e deixe esfriar por 10 minutos. Você pode servir assim mesmo (como na foto) ou com a cobertura. Para isto, bata o sour cream com a cerveja e incorpore o açúcar aos poucos até obter creme homogêneo. Espalhe sobre o bolo e sirva !


sábado, 11 de janeiro de 2014

Creme brulée de chocolate branco


Mais uma versão deste doce incrível que apesar de parecer complicado é simples de fazer... Experimente você !

Ingredientes
2 xícaras (chá) de creme de leite
4 gemas
150g de chocolate branco
1 fava de baunilha (acabei usando 2 colheres de chá de extrato de baunilha)
quanto baste de açúcar para o brulée.

Etapas
Leve ao fogo brando o creme de leite juntamente com a baunilha, para aromatizar. Assim que começar a ferver, desligue. Coloque então o chocolate branco picado e misture até obter um creme homogêneo.

Em uma tigela, coloque as gemas e vá misturando o creme de chocolate aos poucos, sem mexer muito para não forma espuma.

Encha os ramequins até quase a borda e remova qualquer bolha que tenha ficado. Coloque então os ramequins em uma assadeira funda, com uma toalha ou papel toalha no fundo, e preencha de água até mais ou menos a metade dos ramequins;

Leve ao forno pré-aquecido a 165ºC por cerca de 30 a 35 minutos. Eles estarão prontos quando tiverem a consistência semelhante a gelatina.

Remova os ramequins do forno, deixe esfriar e leve a geladeira por 4 horas. Antes de servir, polvilhe açúcar (branco ou mascavo claro) e queime-o com o maçarico.


quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Brigadeiro de Ovomaltine


Dando continuidade as receitas de brigadeiro, hoje vamos de Ovomaltine com a receita que peguei no ebook Brigadeiro Legal do blog Bonifrati (a receita é do Chef Thiago Sodré).

Ingredientes

1 lata de leite condensado;
1 colher (sopa) de manteiga sem sal;
3 colheres (sopa) de Ovomaltine;
3 colheres (sopa) de chocolate em pó;
quanto baste de Ovomaltine para confeitar.

Etapas

Derreta a manteiga em uma panela em fogo baixo-médio e em seguida adicione os demais ingredientes (menos o confeito). Mexa frequentemente até que a mistura comece a desgrudar do fundo (o famoso ponto do brigadeiro). Desligue o fogo, transfira o brigadeiro para um prato e deixe esfriar. Quando já estiver mais frio e firme, faça as bolinhas com as mãos untadas de margarina e passe pelo Ovomaltine até que fique todo coberto com o achocolatado. Coloque nas forminhas e sirva !!!

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Risoto de brie e hortelã


Uma opção legal e refrescante para este verão !

Detalhe da hortelã, deve ser consumida crua ou usada apenas no final do cozimento, por que seus componentes químicos são muito voláteis e se perdem facilmente.

Ingredientes (para 4 pessoas)
(receita original, clique aqui)

2 xícaras (chá) de arroz arbóreo (ou qualquer outro para risoto)
1 cebola média picada
1,5 xicara (chá) de queijo brie (cortado em cubos)
15 folhas de hortelã
1 xícara (chá) de vinho branco seco
2l de caldo de legumes
2 colheres (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de queijo parmesão ou grana padano.

Preparo
Em uma panela, derreta metade da manteiga, adicione a cebola e deixe dourar. Acrescente o arroz, refogue por 2 minutos e adicione o vinho. Deixe o vinho evaporar e comece a colocar o caldo de legumes, conha a conha, repetindo o processo sempre que o caldo secar.

Quando o arroz estive ao dente, desligue o fogo, acrescente o queijo brie, as folhas de hortelã, a outra metade da manteiga e o queijo parmesão. Mexa bem até tudo estar incorporado.

Sirva quente, com um raminho de hortelã para decorar !

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Queijo coalho brulée com aceto balsâmico reduzido


Se você quer fazer uma entrada diferente e charmosa, esta será a sua receita ! Se ainda preferir ganhar um tempo na cozinha, opte por usar um creme de balsâmico com mel já pronto. Podem facilmente ser encontrados em empórios, em diversas faixas de preço, inclusive alguns super caros. As descrições já despertam a curiosidade: aroma, sabor e textura diferenciados, envelhecido em barricas de carvalho e enriquecido com mel de laranjeiras, por exemplo. Hummm... Até deu vontade de fazer de novo !!!

Ingredientes
um pacote de queijo coalho (sem os palitos)

1 xícara (chá) de aceto balsâmico
4 colheres (sopa) de mel

1 colher (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (sopa) de açúcar cristal

Preparo
Em uma panela, coloque o aceto balsâmico e o mel. Assim que ferver, abaixe o fogo e deixe reduzir a metade. Ele deve ficar no ponto de calda. Reserve.

Cortar o queijo coalho em cubos grandes. Em uma frigideira anti-anderente, grelhar os cubos de todos os lados.

Coloque os cubos grelhados em um prato e espalhe o açúcar por um dos lados do queijo. Com a ajuda de um maçarico de cozinha, faça o brulée na superfície com o açúcar, ou seja, queime o açúcar até que borbulhe e ganhe cor. Sirva regado com a redução de aceto balsâmico e aguarde os elogios !

domingo, 5 de janeiro de 2014

Hamburguer Arabian


Para quem não conhece a Chef Débora Damin, ela esteve a frente da lanchonete The Fifities por vários anos nos presentando com suas criações, devoradas em várias noites de sábado originalmente na unidade do Itaim.

Para quem está procurando um hambúrguer diferente, aí vai uma opção legal que vale a pena experimentar !

Ingredientes (De 8 a 10 hambúrgueres)
(receita original, clique aqui)

Uma peça de fraldinha (1,2Kg ou maior)
120g de castanha do pará picadas
2,5 colheres (sopa) de hortelã picada
Uns 10 raminhos de tomilho (tirar as folhas com as mãos)
2 colheres (sopa) de azeite
Pão de hamburguer com gergelim (8 a 10 unidades)
Queijo prato (2 fatias por hambúrguer)

Pasta de queijos
3 colheres (sopa) de catupiry
1 colher (sopa) de queijo gorgonzola
1 colher (chá) de hortelã picada

Preparo

Retire a gordura da fraldinha e separe 100g de gordura para cada 900g de carne limpa. Corte a carne em pedaços. Em um processador de alimentos, pique a gordura da carne junto com o azeite até forma uma pasta. Em seguida, pique as castanhas com o hortelã e tomilho. Vá adicionando então os cubos de carne, picando com a função pulse até obter uma massa homogênea. Separa a carne em porções de 150g e vamos bater no hambúrguer... jogue a carne contra a sua mão algumas vezes para retirar o ar de dentro e fazer com que a gordura e carne se juntem mais. Leve de volta a geladeira até a hora de grelhá-los.


Em uma frigideira bem quente, toste levemente as duas metades internas de cada pão de hambúrguer e reserve.

Misture os queijos com a hortelã e reserve.


Molde os discos ligeiramente maiores que o tamanho do pão e vamos grelhá-los em uma frigideira bem quem, por cerca de 3 a 4 minutos de cada lado. Quando faltar 1 minuto para o fim, coloque o queijo por cima e abafe com a ajuda de uma tampa de panela. Pode jogar um pouco de água ao lado para que o vapor ajude a derreter o queijo.

Você pode montar os hambúrgueres colocando um pouco de pasta de queijo na parte de baixo do pão, o disco de carne com queijo e um pouco de folhas e tomate por cima. Ou servir apenas com pão e condimentos básicos (maionese, catchup e mostarda). Tudo é válido !

sábado, 4 de janeiro de 2014

Spaguetti ao molho de tomate e limão siciliano com camarões e rúcula

Não sei se este prato ainda faz parte do cardápio do Due Cuochi, mas ficou tão bonito e saboroso que decidi publicar as novas fotos.... pena que não dá para sentir o perfume do limão siciliano.

Clique aqui para a minha versão da receita...







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...